PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Flamengo e Grêmio jogam por vaga na semi da Copa do Brasil



Aral Moreira - MS - Sábado, 20 de Outubro de 2018
15/08/2018 14h40

Flamengo e Grêmio jogam por vaga na semi da Copa do Brasil

Duelo entre cariocas e gaúcho será no estádio do Maracanã nesta quarta

Gazeta Esportiva



Lateral Léo Moura é um dos destaque do Grêmio. Foto: Divulgação

Em um duelo cercado de muita rivalidade, Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo confronto de volta das quartas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida houve empate por 1 a 1 em um choque onde os gremistas ganhavam até o último minuto e se irritaram muito com os acréscimos dados pelo trio de arbitragem. O troco veio no fim de semana seguinte, quando os reservas gremistas bateram o time principal do Fla por 2 a 0, fazendo os cariocas perderem a liderança do Campeonato Brasileiro.

 

A perda do primeiro lugar e a derrota de 2 a 0 para o Cruzeiro no meio de semana passado pela Copa Libertadores, que deixou a eliminação mais próxima, aumentaram a pressão no Mengão e no técnico Mauricio Barbieri, que usou como estratégia isolar o confronto com os gaúchos.

 

“O nosso foco é a Copa do Brasil. Vamos escalar sempre a melhor equipe para que o Flamengo seja o vencedor. Não vamos pensar agora em Copa Libertadores, que é só no fim do mês, ou em Campeonato Brasileiro. Temos condições de nos classificarmos e por isso mesmo temos que deixar o resto para trás, pois o Grêmio é um time difícil de ser batido”, disse Barbieri.

 

Já que a Copa do Brasil deste ano não apresenta mais o gol marcado fora de casa como critério de desempate, quem ganhar nesta quarta-feira avança e qualquer igualdade levará para a disputa de pênaltis. Por isso os flamenguistas sabem que precisarão pressionar, esperando o apoio da torcida.

 

O fato de os flamenguistas esperarem o apoio da torcida, que deverá gerar um público superior a 60 mil presentes, não assusta os gremistas, que estão acostumados com pressão.

 

“Nós precisamos jogar com inteligência, trabalhando bem a bola e sem nos importarmos com pressão. Jogar com o estádio cheio é sempre bom, logicamente que a nosso favor seria melhor. Porém, estamos acostumados a enfrentar palcos lotados, como o Mineirão, o estádio do Palmeiras, o Beira-Rio, o Independência e o campo do Corinthians. Isso não será decisivo”, pontuou Maicon.

 

Em termos de escalação o Flamengo terá mudanças em relação ao time que derrotou o Cruzeiro por 1 a 0 no fim de semana pelo Brasileirão. O lateral-esquerdo Renê e o volante colombiano Gustavo Cuéllar, que cumpriram suspensão, voltam nas vagas, respectivamente, de Miguel Trauco e de Piris da Motta. O atacante Henrique Dourado segue na equipe pois o colombiano Fernando Uribe, com dores na coxa esquerda, ainda não tem condições de atuar.

 

Pelo lado do Tricolor, a estrela da companhia, Luan, vai a campo pois se recuperou das dores no quadril geradas por uma pancada recebida na derrota de 2 a 1 para o Estudiantes pela Copa Libertadores. Na lateral esquerda, Bruno Cortez ganhou a disputa particular com Marcelo Oliveira e vai a campo. No fim de semana, pelo Brasileiro Série A os reservas gremistas golearam o Vitória por 4 a 0.

 

Quem avançar do confronto entre Flamengo e Grêmio vai enfrentar nas semifinais o ganhador do embate entre Chapecoense e Corinthians, que também se enfrentam nesta quarta-feira, no mesmo horário, na Arena Condá, em Chapecó. No duelo de ida, na capital paulista, o Timão ganhou por 1 a 0 e agora entra em campo com a vantagem do empate para poderem se classificar.




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
  • Amoreira25
  • InterPax1

PUBLICIDADE