PUBLICIDADE
PUBLICIDADE


Vírus tipo 4 da dengue coloca saúde em alerta em MS



Aral Moreira - MS - Quarta, 15 de Julho de 2020
23/11/2010 10h48

Vírus tipo 4 da dengue coloca saúde em alerta em MS

admin



A proximidade do período de chuvas não anuncia apenas as férias de verão nem o alívio do calor típico de Campo Grande. O aumento da quantidade de chuva põe as autoridades de saúde em alerta por conta da volta do mosquito da dengue, que em 2011, pode vir com o tipo 4 do vírus.

Segundo levantamento realizado pela Secretaria Estadual de Saúde, até o começo de novembro foram registradas 79.927 notificações de dengue em Mato Grosso do Sul. A doença matou 46 pessoas, sendo 22 somente em Campo Grande.

Para o Ministério da Saúde, a Capital apresenta níveis satisfatórios da dengue, de acordo com o LIRAa (Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti) 2010. Nenhum município da região Centro-Oeste apresenta risco de surto, apesar de Corumbá estar em alerta desde 2009, segundo o LIRAa.

Mais uma vez, o principal ataque contra o mosquito se foca na destruição de possíveis criadouros do mosquito. O Aedes Aegypt deposita os ovos em água limpa e parada, normalmente armazenada em caixas d’água, vasos de plantas, pneus, garrafas, entulhos e qualquer recipiente que retenha água.

Os ovos do mosquito podem sobreviver até um ano e meio sem água, para se transformarem em larvas ao menor contato com a chuva. Cerca de 80% dos focos do mosquito são encontrados dentro das casas, especialmente nos quintais.

A Prefeitura de Campo Grande, por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), modificou o produto químico utilizado na borrifação em residências para o combate do mosquito. O produto, que antes era diluído em água, passou a ser diluído em óleo de soja, o que permite maior eficácia para exterminar o mosquito da dengue.

Multa – Como o combate ao mosquito precisa ser constante, os donos de imóveis podem ser responsabilizados caso as autoridades de saúde encontrem focos ou larvas do mosquito dentro de terrenos ou casas.

O proprietário do imóvel onde forem encontrados focos de reprodução do mosquito estará sujeito à multa que varia de R$ 100 a R$ 15 mil, dependendo da gravidade.

Novo vírus – Depois de 28 anos sem circulação no Brasil, o tipo 4 do vírus da dengue foi detectado em julho deste ano na capital de Roraima, Boa Vista. O Ministério da Saúde confirmou dez casos no Estado, porém desde setembro não há suspeita de novos casos pelo sorotipo 4.

Mesmo sem novas ocorrências do novo tipo de vírus, o Ministério deixou todas as Secretarias Estaduais de Saúde em alerta.

Campanha – A Campanha Nacional de Combate à Dengue de 2010 mudou o enfoque para “Dengue: se você agir, podemos evitar”. De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério, Gerson Penna, é preciso compartilhar a ideia de que o problema da dengue deve se tornar uma preocupação da sociedade.

“Se a comunidade não se envolver, e se não houver a articulação com outros setores, continuaremos enfrentando aumento de casos e de mortes por dengue no Brasil”, afirma Penna.
 




NENHUM COMENTÁRIO



escrever comentário




PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE



【丰胸效果】一个周末,我去小姨家,正面看见她时丰胸产品,我彻底惊呆了,她穿黑白点相间的粉嫩公主酒酿蛋宽大睡衣,可是上身却紧绷绷的,还显得衣服小呢。我最后盯在她的胸部,心想“不可能啊,小姨刚生完小宝宝不久,按理一定会导致胸部下垂丰胸方法啊,可现在是丰满,坚挺,撩人眼目,跟梦一样,我坚信其中有“诈”在我的丰胸威逼利诱下,小姨向我透露了她的丰胸秘籍。