• Quarta, 17 de Julho de 2024

Polícia apreende carga de cocaína de meia tonelada avaliada em R$ 15 milhões

A carga ilícita era transportada em caminhões carregados de calcário e iria para São Paulo e Europa

CONJUNTURA ONLINE

614

Apreensão foi recorde da Denar (Foto: Mateus Nunes)

Operação da Polícia Civil realizada na madrugada de terça-feira (21) resultou na maior apreensão de cocaína já registrada em Mato Grosso do Sul pela Denar (Delegacia Especializada de Repressão a Narcóticos): 600 quilos. Além disso, dois suspeitos foram presos.

Segundo o titular da Denar, Hoffman D’ávila, titular da Denar, as investigações duraram dois meses. Parte da droga ficava armazenada em uma casa do município de Bela Vista, que fica na fronteira com o Paraguai. No local, foram apreendidos 400 quilos de cocaína.

Após a prisão, os suspeitos confessaram o crime. Em depoimento, um deles disse que comprou um caminhão para levar cocaína em São Paulo. Inclusive, o veículo estava carregado para a próxima viagem.

Ele também relatou a logística utilizada para o tráfico: o caminhão era carregado de calcário, em Bela Vista, e depois ia até uma oficina mecânica, onde era preparado para guardar a droga.

O segundo envolvido, segundo o G1, era o dono da oficina. Segundo o delegado, o homem preparava os veículos pessoalmente. Os compartimentos eram feitos dentro do cavalo do caminhão, no teto. Tudo para dificultar a fiscalização.

Parte da carga, conforme a polícia, ia para Campo Grande, de onde a polícia acredita que seria espalhada para outros estados do país; a outra para São Paulo, de onde seria enviada para a Europa a partir do Porto de Santos. A carga é avaliada em R$ 15 milhões



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.