• Segunda, 26 de Fevereiro de 2024

Presidente da CBF convidará Dorival Júnior para ser o técnico da seleção

Como Ednaldo Rodrigues pode cair por uma decisão política das federações, o São Paulo entende que a melhor decisão no momento é se manter quieto.

CONJUNTURA ONLINE

184

Técnico Dorival Júnior (Foto: Rubens Chiri/SPFC/D )

O retorno de Ednaldo Rodrigues à presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) após liminar concedida pelo STF (Supremo Tribunal Federal) pode ser marcado por uma grande mudança. O dirigente quer Dorival Júnior, treinador do São Paulo, como técnico da seleção brasileira. A informação foi inicialmente divulgada pelo jornal O Globo.

Conforme apurou a ESPN, Ednaldo já está atrás do São Paulo por meio de interlocutores para negociar com Julio Casares, presidente do clube paulista, a ida do treinador para o comando do Brasil.

O São Paulo, por sua vez, ainda não o atendeu. O Tricolor ainda busca entender os movimentos políticos que recolocaram Ednaldo novamente no comando da entidade máxima do futebol brasileiro.

Diante do cenário de incerteza jurídica, já que Ednaldo pode cair por uma decisão política das federações, o São Paulo entende que a melhor decisão no momento é se manter quieto. Cabe lembrar que Casares e o São Paulo apoiam Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF) e opositor de Ednaldo.

Dorival Júnior também está ciente do movimento da CBF. Da mesma forma que o clube em que comanda, o treinador também não irá se manifestar.

Impasse contratual

Contratado para ser interino enquanto a CBF aguardava Carlo Ancelotti, que renovou contrato com o Real Madrid, assumir, Fernando Diniz, técnico do Fluminense, tem contrato até o dia 4 de julho.

O convite de Ednaldo Rodrigues a Dorival Júnior não deixa claro quando o treinador assumiria o posto.



Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.
Para mais informações, consulte nossa política de cookies.